Início

12/02/2006

Não sei o que estou falando... Sinto apenas! (sono)

Como tenho evitado filosofar ultimamente, registro alguns pensamentos... sem me importar muito com as respostas.
Voltando à minha natureza contemplativa e 'não-falativa'. Redescobrindo a era do sentir, mesmo sem compreender.

O esquema é todo tão perfeito, que eu não consigo deixar que agradecer a Deus por nos permitir possuir tantas formas de expressão. Palavras, corpo, gestos, às vezes olhares apenas. Fora as exteriorizações com instrumentos, seja musicais, plásticos...

Vejo como seria péssimo se fôssemos como panelas de pressão, morrendo de enfartes por excesso de volume extra no coração! Presos e enclausurados em nós mesmos sem encontrar saídas.

Em pensar que às vezes, muitas vezes, muitas pessoas, assim como eu, o fazem por opção...

Viva o sentir! Viva a emoção! Viva a vida! Viva a arte!

E viva a humanidade! (Assumir nossa breguice, sem medo de errar)

Ai, acho que estou com sono... melhor parar de escrever...

Um comentário:

taiana disse...

vc devia escrever mais qnd esta c/ sono!como é dificil para mim,uma faladora compulsiva,entender uma escolha como essa...te amo