Início

18/03/2006

Se podes olhar, vê. Se podes ver, repara.

"Só num mundo de cegos as coisas serão o que verdadeiramente são"

"Um dia, quando compreendermos que nada de bom e útil podemos já fazer pelo mundo,deveríamos ter a coragem de sair simplismente da vida"

"Essa é a responsabilidade de ter olhos quando os outros os perderam"

Saramago em "Ensaio sobre a Cegueira", confesso que se este português quis provocar reflexões profundas e angústias e inquietações durante a leitura... Ele foi simplismente brilhante!

Não tenho o que escrever assim sobre o livro, é preciso pessoas que o leram para loooongas e profuuuundas trocas de impressões e conclusões... Está recomendado!

5 comentários:

Jackie Götzen disse...

NOSSAAAA....olha em que o CLA nos transforma!

Patropi disse...

É acho que vou ler o patricio, ora pois!

Jackie Götzen disse...

Aí, vamos comentar no blog da titia aki, vamos?

orlicsf disse...

sim sim

a primeira reflexão é de como me acostumei a vírgulas e pontos...
se eu fosse cego, isso não seria tão importante!!

mas, como sempre, me adaptei aquele txt... até os cegos se adaptaram aos caos...

o que mais (?? - talvez realmente o que mais!!) é o paralelo de ser luz enqto são trevas...
não dá no mesmo??
assim, sair da vida é apenas escape...
apesar do brilhantismo daquele portuga, creiamos em algo maior...

bjos
até a roda dos que acham que vêem...

Bianca disse...

Ou até a roda dos que entenderam que também não vêem. Devíamos conjecturar sobre o que se trata aquela cegueira, hein, eu já viajei bonito em altas possibilidades...

Bjos e brigada pela visita.