Início

18/04/2006

Winds of Change

“Venham escritores e críticos
Que façam profecias com a tua caneta
E mantenham os teus olhos abertos
A sorte não voltará outra vez
E não falará tão depressa

Pois os motores ainda estão a aquecer
Pois os tempos estão a mudar”
Bob Dylan

A essência de alguma coisa é aquilo que não se altera. Não muda. Porém Nietzsche que odeia esta idéia de controle (prepotente) da vida, que é incontrolável, suscita nossa reflexão afirmando:

“A essência da vida é a vontade de potência”

Logo, a essência é a mudança. Destruição e Reconstrução de conceitos. A Arte é a mudança. A vida é um fenômeno estético. Para se viver, é necessário que se crie. Nas minhas palavras, isto é manter a cabeça aberta, superar paradigmas...

“A Arte nasce no espelho do olho. E a imaginação completa as palavras...”

Eu vejo escolhendo, apagando, ou reforçando traços. Nós vemos o que suportamos. Criamos o que vemos pois nós focamos, concebendo um jogo focal que destrói e constrói a vista. Por aí vaga a Gestalt...

A Arte deve acordar, ao invés de fazer dormir...
Bem, no auge de minha ‘sanidade subjetiva’ (acabei de criar isto, caso alguém discorde dela, será apenas uma opinião...) Afirmo que este desconforto trazido pela própria subjetividade da minha arte de viver é um tanto inquietante demais para alguém tão necessitada de bases firmes e seguras... O que eu quis dizer? Amo mudanças, porém odeio incertezas! Amo questionamentos, porém odeio falta de respostas! Amo segurança, porém odeio o desconforto precedente ao equilíbrio e ao crescimento. Mais uma vez, o que foi este parágrafo senão a afirmação da minha humanidade que precisa do controle das situações??? A resposta mais segura que encontrei (pra ser correta, a única) pra isso tudo está em Deus. O único com o controle absoluto, que mesmo assim afirma nossas (a dos homens, não a dEle.) bases na metanóia. Na mudança de pensamento...

Oh abstração...
Quando eu me entender eu explico melhor...

Só sei que estou a mudar...

4 comentários:

anderson disse...

muita abstração, vc é sinistra menina, que é que é isso...
parabens

Lael disse...

Imagens geralmente valem mais que mil palavras.
Mas esse seu post vale mais que mil imagens.
Excelente.
Bjos.
Lael

PS: Obrigado pelas visitas, pela lembrança à Carol... continue aparecendo.

Lael disse...

Ah, mais uma coisinha...
adoro Gestalt, adoro Arte, e tantas outras letras maiúsculas encontradas no seu texto. No entanto nem me atrevo a comentar nada.
Apenas deixo uma frase, bem batida (quase um para-choque de caminhão), mas que serve:

"Quando os ventos fortes chegam, uns constroem abrigos. Outros, moinhos..."

Você, certamente, já deve ter seus moinhos funcionando.

Bons ventos!

andré vhs disse...

Realmente, esse post está um primor.
Ele vale não ser comentado, fala por si só.
Beijos mil.