Início

16/03/2006

Aleatórios

Ouvi algo do meu professor de Didática hoje, que por sinal é uma graça!
PS.Disse que foi amigo do Fanini na infância quando eu fui conversar com ele depois, sem eu ter mencionado nada, por um momento até duvidei de ter entendido o nome, mas ele falava mesmo no pr. Fanini...

Bem, nas minhas dúvidas de curso e de rumo, ele encorajou a turma dizendo que não sabe de professor morando em cobertura na Zona Sul, mas que também, de fome, nunca os viu morrer...

Encorajador para aqueles movidos por paixão e por amor à coisa, não pela piadinha real acima exposta, mas pela forma de como os olhos daquele velho e entusiasmante professor se enchiam d'água ao contar como se encantou pela Educação Artística enquanto ajudava em uma igreja às crianças e como aprendeu com alguns missionários americanos Masters em Arte-Educação, de como era difícil a compreensão por esta escolha na sua época, e de como até hoje ele encontra sentido em sua vida, lembrando até das marmitas prontas que lhe eram motivo de piada pelos amigos da noiva... Hoje e sempre, cada passo valeu a pena, satisfação exposta nas lágrimas de alegria.

Bem, neste Domingo mesmo ouvi de um amigo muito querido que me surpreendeu com a visita:
-... mas arte é a tua vida!

Não sei se concluirei todos os meus planos de estudo, de graduações complementares, de seminários, até os trinta, e depois disso, com casa e filhos, largar ainda tudo e ir para a África, são coisas que ainda não se encaixam nítidamente na minha cabeça...
Mas ao mesmo tempo, prefiro não parar e pensar como será e quanto tempo levará cada coisa, senão corro o risco de largar tudo agora e fazer missões do outro lado do mundo, ou do Continente, ou do país, ou da baía de Guanabara mesmo... EPA! é aí que as coisas começam a fluir... Unir o útil ao necessário! Longa reflexão que de vez em quando ocupa meus pensamentos nas longas viagens Coelho-Fundão, Fundão-Coelho. (Isso quando não estou no vício de ler no ônibus e destruir minha pobre vista).

Não costumo interromper coisas depois que já comecei, o que eu começo eu termino! Não penso em sair do curso, pois o amo, e já levei o tempo pensando a sua escolha. Penso sempre antes, para não me arrepender de ter que terminá-las. Porém a vida é surpreendente, eu não sei o que Deus guarda para mim para o dia de amanhã... portanto, vou fazendo minha parte e cumprindo a minha escala de projetos, pelo caminho Deus vai abrindo e fechando portas, me levando aonde quiser, pelos dons, pelo jeito, pelas capacidades, e pelas vontades que só eu tenho, e que foi Ele mesmo que me deu com algum propósito maior... Planos Altos...

Não sei se fui clara... Na verdade, não sei se SOU clara...
Mas é por aí que vagam meus pensamentos...

Um comentário:

andré vhs disse...

E que eles vaguem pelo infinito.
Espero que Deus te abençoe muito como artista (o que, de fato, você, mais do que "leva jeito", é), como pensadora, como mulher, como... enfim, como tudo o que você é e não pode deixar de ser.

Nossos sonhos são nossos, graças a Deus. Palmilhamos nossos caminhos por nossas escolhas e como diria Salomão:

"DO homem são as preparações do coração, mas do SENHOR a resposta da língua."

E mais adiante, no mesmo livro de Provérbios, capítulo 16, v. 9:

"O coração do homem planeja o seu caminho, mas o SENHOR lhe dirige os passos."

Deus te abençoe.
Beijos mil.